Três Estados lideram o ranking de incêndios florestais em Unidades de Conservação

O tempo seco tem aumentado drasticamente o risco de incêndios florestais em vários estados brasileiros, principalmente nos Estados de Mato Grosso, Goiás, Tocantins, Maranhão e Piauí.

De acordo com informações do Portal de Monitoramento de Queimadas e Incêndios do Instituto de pesquisas espaciais – INPE, até 13 de agosto 2014 haviam sido registrados em todo território nacional 14.516 focos de incêndios florestais em Unidades de Conservação - UC federal e estadual, superando os 10.225 focos de incêndios registrados no mesmo período de 2013. O ranking é liderado pelos Estados do Tocantins, Maranhão e Pará, que juntos detêm mais de 66% dos focos de incêndios registrados em UCs.
Ranking de incêndios florestais - Tocantins
Focos de incêndios até Agosto de 2013. Fonte: Inpe/Queimadas.
Ranking de incêndios florestais em Unidades de Conservação
Focos de incêndios até Agosto de 2014. Fonte: Inpe/Queimadas.
Como consequência, os incêndios florestais acabam degradando a qualidade do habitat e levam a perda de inúmeras espécies da fauna e flora.

Os dados dos focos de queimadas no Brasil estão disponíveis aqui.

Três Estados lideram o ranking de incêndios florestais em Unidades de Conservação Três Estados lideram o ranking de incêndios florestais em Unidades de Conservação Reviewed by Dianes G. Marcelino on 18:34 Rating: 5
Tecnologia do Blogger.