Panda macho mais velho do mundo morre na China

Pan Pan, o panda macho mais velho do mundo morreu na China com 31 anos de idade. Indivíduo tinha sido diagnosticado com câncer e morreu seis meses após a descoberta. A morte ocorreu na manhã de quarta-feira, na base de Dujiangyan do Centro de Conservação e Pesquisa do Panda Gigante, em Sichuan, na China.
Panda, panda gigante, panda mais velho do mundo, extinção, china, pandas na china, conservação de pandas, filhotes de pandas, Pan Pan, conservação da natureza, naturezaNascido na natureza em Sichuan, ele foi levado para o cativeiro ainda quando tinha apenas alguns meses de idade. No cativeiro Pan Pan gerou mais de 130 descendentes, sendo responsável por um quarto da população de pandas em cativeiro.
As estimativas chinesas indicam que a população de pandas é de 1.864 indivíduos, sendo que 422 deles estão em cativeiros. Em setembro, a União Internacional para Conservação da Natureza – IUCN anunciou que o status de conservação da espécie havia sido alterado de “ameaçados” para “vulneráveis”, tendo em vista que o número de indivíduos estava aumentando.
Atualmente, a panda mais velha do mundo, com 36 anos, é Basi, também moradora da China. Os pandas selvagens geralmente vivem por aproximadamente 20 anos.
Fonte: BBC
Panda macho mais velho do mundo morre na China Panda macho mais velho do mundo morre na China Reviewed by Natureza e Conservação on 16:18 Rating: 5

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.