Brasil será sede do Fórum Mundial da Água pela primeira vez

A partir deste domingo (18/03) Brasília será sede do 8º Fórum Mundial da Água (FMA), o mais importante evento do setor, organizado pelo Conselho Mundial da Água. Esta é a primeira vez que um país do Hemisfério Sul sedia o encontro, que espera receber 40 mil visitantes e sete mil congressistas de diversos países.

Fórum mundial da água, crise hídrica, água, água limpa, fundação grupo o boticário, projeto oasis, meio ambiente, natureza, poluição das águas, recurso hídrico, degradação ambiental, objetivos do desenvolvimento sustentável, ods, segurança hídricaO evento tem como objetivo debater inúmeras agendas relacionadas à água, tendo como base os Objetivos do Desenvolvimento Sustentável (ODS), em especial o objetivo 6 relacionado à água. Um dos assuntos que terá um recorte especial nesta edição, serão as Soluções baseadas na Natureza (SbN)  para segurança hídrica. O Brasil conta com 12% da água doce do planeta e possui a maior bacia hidrográfica do mundo, além de um sistema de gerenciamento de recursos hídricos avançado, embora ainda com muitas lacunas para sua implementação. Segundo o presidente do Conselho Mundial da Água e responsável pelo Fórum, Benedito Braga, existe um acúmulo de conhecimento e instrumentos de gestão no país que fizeram com que o Brasil fosse escolhido para sediar o evento neste ano.

água é um recurso estratégico que, além de ser elemento vital aos seres vivos, é também essencial ao desenvolvimento econômico. Neste sentido, assegurar tal recurso com qualidade e quantidade é de extrema importância, sobretudo em tempos de crise hídrica, cada vez mais agravada pela degradação ambiental e pelos impactos da mudança global do clima. “Para garantir segurança hídrica à sociedade, é imprescindível promover a resiliência dos territórios a esses impactos, sendo estratégica a conservação dos ambientes naturais, que são provedores de serviços ecossistêmicos”, avalia Renato Atanazio, coordenador de Soluções Baseadas na Natureza da Fundação Grupo Boticário de Proteção à Natureza.

Siga o blog Natureza e Conservação no FacebookYouTube e Instagram.

Participação no Fórum

Entre os eventos paralelos que serão realizados no Fórum Mundial da Água, a Fundação Grupo Boticário organiza um debate no dia 21 de março. A partir das 17 horas, representantes da Fundação irão abordar o tema “A natureza como solução integradora” e farão uma apresentação de um framework com Soluções Baseadas na Natureza, e dos resultados de dois estudos de casos para investimentos em infraestrutura natural – um deles realizado em São Bento do Sul (SC) em parceria com a Prefeitura e o Serviço Autônomo Municipal de Água e Esgoto (SAMAE); e outro realizado no Sistema Cantareira, em parceria com o World Resources Institute (WRI), The Nature Conservancy (TNC), Instituto BioAtlântica (IBIO), União Internacional para a Conservação da Natureza (UICN) e FEMSA Foundation.

Além desses estudos, a Fundação irá apresentar o Oásis, destacando como a iniciativa avançou nesses 12 anos de trabalho, e mostrará como pode inspirar empresas a também adotarem estratégias semelhantes de governança dos recursos naturais, como o Pagamento por Serviços Ambientais (PSA). O Oásis é uma iniciativa de PSA, atualmente estruturada em uma rede de impacto, que promove a valorização dos ambientes naturais por meio de mecanismos de incentivo econômico a proprietários que se comprometam com a conservação das áreas naturais e a adoção de práticas conservacionistas de uso do solo.

O evento tem como objetivo promover uma discussão sobre Oportunidades de Investimento em Infraestrutura Natural no Brasil. “A água, por ter total relação com nossas agendas de Soluções Baseadas na Natureza (Adaptação baseadas em Ecossistemas à mudança do clima - AbE e conservação de áreas naturais por meio do PSA), mostra-se como um dos principais chamarizes para inserirmos a conservação da natureza nas agendas políticas, nas estratégias empresariais e nas demandas da sociedade. Dessa forma, todo o conhecimento absorvido no evento e articulações com atores estratégicos terão grande importância para a consolidação da nossa agenda de água na Fundação Grupo Boticário”, analisa Atanazio.

A equipe da Fundação Grupo Boticário presente no Fórum se dividirá também nas sessões temáticas, apresentando as iniciativas da instituição, coordenando e participando de debates estratégicos. Essas participações acontecem junto a órgãos governamentais (como Ministério do Meio Ambiente e Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade), órgãos empresariais (como o Conselho Empresarial Brasileiro para o Desenvolvimento Sustentável-CEBDs) e à ONU – neste caso como o evento Planeta ODS, que discutirá os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável e a Agenda 2030.

Além disso, a Fundação Grupo Boticário integra o Observatório de Governança das Águas (OGA), um grupo colaborativo que conta com o envolvimento de instituições, para contribuir na coleta de dados para monitoramento da governança dos recursos hídricos no país. O OGA também irá promover e participar de diversos eventos durante o Fórum.

Siga o blog Natureza e Conservação no FacebookYouTube e Instagram.
Brasil será sede do Fórum Mundial da Água pela primeira vez Brasil será sede do Fórum Mundial da Água pela primeira vez Reviewed by Natureza e Conservação on 17:33 Rating: 5

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.