Produzindo adubo orgânico de forma barata, fácil e prática com o método UFSC de compostagem

Há algum tempo venho apresentando aqui no blog Natureza e Conservação informações sobre tratamento de resíduos sólidos utilizando o método de compostagem denominado método UFSC de compostagem, desenvolvido pelo departamento de Engenharia Rural da Universidade Federal de Santa Catarina. Desde o início deste ano tenho aplicado o método aqui no norte do Brasil, na cidade de Parauapebas, no Pará, a fim de verificar a sua eficiência.

compostagem, adubo orgânico, composto orgânico, Engenharia ambiental, engenheiro ambiental Parauapebas, engenheiro ambiental Pará, engenheiro ambiental Tocantins, método UFSC de compostagem, resíduos orgânicos, alternativas para tratamento de resíduos sólidos, como fazer compostagemForam montadas duas leiras compostagem, uma por volta do dia 10 de março e outra no dia 22 de março. Após 90 e 85 dias, respectivamente, o método UFSC de compostagem mostrou-se bastante eficiente no processo de transformação dos resíduos orgânicos em adubo. A técnica possibilitou obter um composto orgânico estabilizado e altamente rico em nutrientes, podendo ser utilizado em jardins, vasos, hortas, dentre outros.

A forma de montagem das leiras de compostagem garantiu que o processo de degradação da matéria orgânica mantivesse constante, com temperaturas entre 50 ºC e 60 ºC (picos de 70 ºC) na fase mais ativa do processo. Durante o período de monitoramento, as leiras foram reviradas por duas vezes, ambas por volta de vinte e cinco dias após a última inserção de material orgânico.

como fazer compostagem, compostagem, adubo orgânico, composto orgânico, Engenharia ambiental, engenheiro ambiental Parauapebas, engenheiro ambiental Pará, engenheiro ambiental Tocantins, método UFSC de compostagem, resíduos orgânicos, alternativas para tratamento de resíduos sólidosEmbora o método UFSC tenha como característica a não necessidade de revolvimento da leira de compostagem, em uma terceira leira (iniciada em 17 de abril e com última inserção de material em 23 de abril), que permaneceu entorno de 45 dias em processamento, observou-se que a temperatura média caiu de 54,7ºC para 47,0 ºC, oscilando nesse valor até o seu reviramento em 14 de junho. Três dias após o revolvimento a temperatura média da leira apresentou-se com 59,0 ºC.

Vale lembrar que este estudo faz parte de uma iniciativa da empresa Facilitas, que tem recolhido resíduos orgânicos da comunidade de entorno (supermercados, feiras, serralherias e residências) para utilização na compostagem. Toda produção do adubo orgânico é comercializada em Parauapebas e região. Uma iniciativa sustentável e que tem promovido a destinação ambientalmente adequada para uma quantidade significativa de resíduos orgânicos, evitando sua disposição no aterro controlado da cidade de Parauapebas.

Siga o blog Natureza e Conservação no FacebookYouTube e Instagram.

Sobre o autor

Dianes G. Marcelino é consultor, engenheiro ambiental e mestre em ecologia de ecótonos pela Universidade Federal do Tocantins. Tem experiência em licenciamento ambiental, geoprocessamento, ecologia, recuperação de áreas degradadas e gestão de resíduos sólidos.
Produzindo adubo orgânico de forma barata, fácil e prática com o método UFSC de compostagem Produzindo adubo orgânico de forma barata, fácil e prática com o método UFSC de compostagem Reviewed by Dianes G. Marcelino on 16:52 Rating: 5

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.