Mais de 170 aves silvestres brasileiras são apreendidas pela Policia Judiciária de Portugal

Uma ação coordenada pela Polícia Judiciária portuguesa, através da Unidade Nacional de Combate a Corrupção com o apoio do Instituo de Conservação da Natureza e Florestas, apreendeu 173 aves silvestres que seriam destinadas ao comércio ilegal. O valor das espécies apreendidas gira em torno de 200 mil euros.

ararajuba-guaruba-guarouba-ameaçada-de-extinção
Ararajuba - Guaruba guarouba, ameaçada 
de extinção. Foto: André Corrêa
Segundo a Polícia, das aves apreendidas, 64 pertencem a espécies em risco de extinção. 

Informações do jornal português Correio da Manhã destacam que dentre as espécies em risco de extinção estão o Papagaio de cara roxa - Amazona brasiliensis, Papagaio da Serra ou Charão - Amazona pretrei, Chauá - Amazona rhodocorytha e a Ararajuba – Guaruba guarouba. Segundo o jornal, os ovos dessas aves são contrabandeados do Brasil e chocados em Portugal.

Como relatado neste blog, o tráfico da vida silvestre é considerado a terceira maior atividade ilegal do mundo, movimentando em torno de 20 bilhões de dólares. De acordo com a Rede Nacional de Combate ao Tráfico de Animais Silvestres – Renctas, Portugal, em conjunto com outros países como México, Itália, França, etc., é um dos principais países de trânsito comercial de animais silvestres, onde geralmente são legalizados.

Denuncie o trafico de animais silvestres!

Fonte: Polícia Judiciária e jornal Correio da Manhã.
Mais de 170 aves silvestres brasileiras são apreendidas pela Policia Judiciária de Portugal Mais de 170 aves silvestres brasileiras são apreendidas pela Policia Judiciária de Portugal Reviewed by Dianes G. Marcelino on 14:36 Rating: 5

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.