Após 66 anos Cervo-almiscarado é encontrado no Afeganistão

O Cervo-almiscarado (Moschus cupreus) em uma espécie de mamífero pertencente à família Moschidae. Nativo do Afeganistão, índia e Paquistão a espécie está inserida na lista vermelha de espécies ameaçadas de extinção (IUCN), devido à destruição do seu habitat e a caça ilegal que tem reduzido drasticamente suas populações. Estima-se que nos últimos 21 anos sua população tenha decaído em torno de 50%.

cervo,  Moschus cupreus,  Moschus, cupreus,  Cervo almiscarado,  Afeganistão, índia e Paquistão,  forests of Afghanistan,  Afghanistan,  muskdeer, extintion, extinção, extincao, animais, espécies em extinção,  Kashmir Muskdeer, Kashmir Musk deer,  Endangered,  International Union for Conservation of Nature, Conservation of Nature,  International Union, Conservation, NatureNo Afeganistão a espécie é considerada rara e não era vista desde 1948, sendo considerada extinta. Entretanto, recentemente foi encontrada em florestas a leste do País (Veja o artigo aqui). Com grandes presas, semelhante a de um vampiro, o Cervo-almiscarado possui glândulas que produzem uma substância com odor muito forte, empregado na produção de óleos aromáticos e perfumes (Almíscar), contribuindo para que a espécie seja bastante caçada para comércio ilegal dessa substância.

A recente redescoberta levou ao encontro de cinco indivíduos, entre macho, fêmea e um jovem. Os pesquisadores alertam para a necessidade de conservação dos habitats remanescentes para a sobrevivência da espécie no Afeganistão.
cervo,  Moschus cupreus,  Moschus, cupreus,  Cervo almiscarado,  Afeganistão, índia e Paquistão,  forests of Afghanistan,  Afghanistan,  muskdeer, extintion, extinção, extincao, animais, espécies em extinção,  Kashmir Muskdeer, Kashmir Musk deer,  Endangered,  International Union for Conservation of Nature, Conservation of Nature,  International Union, Conservation, Nature
Após 66 anos Cervo-almiscarado é encontrado no Afeganistão Após 66 anos Cervo-almiscarado é encontrado no Afeganistão Reviewed by Dianes G. Marcelino on 16:54 Rating: 5
Tecnologia do Blogger.