Estudo mostra os impactos da mineração sobre pequenos mamíferos na Amazônia brasileira

Um recente estudo realizado na Floresta Nacional de Carajás (Flona Carajás), no Pará, evidencia os impactos da mineração sobre pequenos mamíferos na Amazônia brasileira. De acordo com os autores, não existia estudos no Brasil que demonstrasse os impactos da mineração sobre mamíferos ou outros vertebrados, sendo este o primeiro estudo a abordar esta temática no país.
Impactos da mineração, serra dos carajás, animais, pequenos mamíferos, impactos da mineração sobre pequenos mamíferos, flona carajás, mineradora Vale, vale, vale Carajás, impacto ambiental, mineração, Parauapebas, Pará, unidade de conservaçãoSegundo os autores, num universo de 28 espécies, 10 tiveram maior probabilidade de serem encontradas em áreas distantes dos locais impactados pelas cavas da mineração. Isto demonstra que os efeitos da mineração sobre pequenos mamíferos podem ir além da destruição da floresta, mas também afetando negativamente espécies sensíveis e que dependem de habitats em bom estado de conservação para sobreviverem.
Os autores concluem que é necessário que seja realizado um acompanhamento em longo prazo para tentar mitigar os impactos irreversíveis da mineração sobre as comunidades de pequenos mamíferos não-voadores na Amazônia brasileira.
O trabalho foi publicado na revista científica Plos One e contou com a participação de Natália Carneiro Ardente, Átilla Colombo Ferreguetti e Helena Godoy Bergallo, da Universidade do Estado do Rio de Janeiro, Donald Gettinge, da Universidade de Nebrasca-Lincoln, Pricila Leal e Fernanda Martins-Hatano, Universidade Federal Rural da Amazônia, e Ana Cristina Mendes-Oliveira da Universidade Federal do Pará.

Sobre a Floresta Nacional de Carajás

A Floresta Nacional de Carajás – Flona Carajás é uma unidade de conservação de uso sustentável que está localizada no sudeste do Pará, estendendo pelos municípios de Parauapebas, Canaã dos Carajás e Água Azul do Norte.
Minério de ferro, Carajás, Vale, extração de minério em carajás, extração de minério Vale, Impactos ambientais da mineração, Serra dos Carajás, Pará, Parauapebas, minério, flona Carajás, floresta nacional de carajásCriada em 1998, esta unidade de conservação tem como objetivos garantir a preservação dos recursos renováveis e os processos ecológicos da região. A Flona Carajás abriga uma rica biodiversidade, tendo sido registrado cerca de 68 espécies de anfíbios e 131 de répteis, sendo uma espécie de cada grupo restrita às áreas de savana metalófila da Serra dos Carajás, 594 espécies de aves, 75 espécies de morcegos e 44 espécies de mamíferos de médio e grande porte.
Embora detenha toda esta riqueza de fauna, o desmatamento, queimadas e a mineração são algumas das pressões que ameaçam a fauna da Floresta Nacional de Carajás.
Estudo mostra os impactos da mineração sobre pequenos mamíferos na Amazônia brasileira Estudo mostra os impactos da mineração sobre pequenos mamíferos na Amazônia brasileira Reviewed by Dianes G. Marcelino on 22:25 Rating: 5

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.