Jiboia-do-ribeira, a jiboia mais rara do mundo é encontrada na Mata Atlântica

A jiboia mais rara do mundo foi encontrada na Mata Atlântica por pesquisadores do Museu de Zoologia da Universidade de São Paulo e do Instituto Butantan. Batizada de jiboia-do-ribeira (Corallus cropanii) está é uma espécie de cobra raríssima, uma vez que nunca foi observada na natureza e há mais de 60 anos era procurada por cientistas.
jiboia mais rara do mundo, bruno rocha, jiboia, jiboia do ribeira, corallus cropanii,  Rarest jiboia in the world, mata atlântica, pesquisador encontra jiboia mais rara do mundo, museu de zoologia, instituto butantanA espécie foi descrita pelo herpetólogo Alphonse Richard Hoge, do Instituto Butantan, no ano de 1953, através da observação de um único exemplar entregue vivo por um morador do município de Miracatu. A partir desta data, outros cinco exemplares chegaram até o instituto, mas nenhum estava vivo.
A busca por novos exemplares da jiboia-do-ribeira nas matas do Vale do Ribeira já perdurava por algumas décadas. A recente descoberta só foi possível graças à parceria entre instituições de ensino e comunidade do Guapiruvu, zona rural do município de Sete Barras. Os moradores foram treinados para identificar as cobras da região e a reconhecer a Jiboia-do-Ribeira.
O biólogo Bruno Rocha, pesquisador do Museu de Zoologia e coordenador de um projeto dedicado à conservação da espécie, é o primeiro biólogo a segurar uma Corallus cropanii viva nas mãos desde Hoge, 64 anos atrás. “Quando cheguei e vi que era ela mesma, viva e linda, fiquei muito emocionado”, conta Rocha.

Sobre a espécie

Como nunca foi observada na natureza, não se sabe praticamente nada sobre a Jiboia-do-ribeira (Corallus cropanii), como por exemplo, o seu comportamento, do que se alimenta, ou se é um bicho predominantemente terrestre, aquático ou arborícola. 
jiboia mais rara do mundo, bruno rocha, jiboia, jiboia do ribeira, corallus cropanii,  Rarest jiboia in the world, mata atlântica, pesquisador encontra jiboia mais rara do mundo, museu de zoologia, instituto butantanSabe-se pela sua anatomia que Corallus cropanii pertence à família das jiboias (Boidae), mas nesse grupo há desde pequenas serpentes que comem pássaros em árvores, como a cobra-veadeira, até gigantes aquáticos que comem capivaras, como a sucuri.

Como todas as espécies de jiboias, esta cobra rara  não é um animal venenoso, e provavelmente mata suas presas por constrição (esmagamento).
Jiboia-do-ribeira, a jiboia mais rara do mundo é encontrada na Mata Atlântica Jiboia-do-ribeira, a jiboia mais rara do mundo é encontrada na Mata Atlântica Reviewed by Natureza e Conservação on 21:30 Rating: 5

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.