Simpósio Internacional no Paraná quer envolver a sociedade na causa ambiental

A quarta edição do Simpósio Internacional de Conservação da Natureza chega a Curitiba (PR) com grandes nomes do cenário ambiental nacional e internacional. Alexandre Mansur, jornalista e editor executivo da Revista Época; Brent Michell, da ONG União Internacional para Conservação da Natureza (IUCN); Musonda Mumba, do Programa das Nações Unidas para o Meio Ambiente (UNEP); e Carlos Rittl, secretário executivo do Observatório do Clima, rede de ONGs que atua na agenda climática brasileira, são alguns dos destaques. O evento é promovido pela Fundação Grupo Boticário de Proteção à Natureza.
Simpósio internacional de Conservação da Natureza
No total, serão realizados quatro simpósios, cada um sobre temáticas diferentes que interessam e envolvem não apenas a comunidade científica e acadêmica, mas o público em geral. Entre eles, destaca-se o encontro que debaterá o papel da biodiversidade na adaptação às mudanças climáticas, tema que está intimamente ligado ao cenário atual. Nesse simpósio, será discutida a Adaptação com Base em Ecossistema (AbE), estratégia em que os serviços ambientais oferecidos pelos ecossistemas conservados, bem como da sua biodiversidade, são utilizados como ferramentas para auxiliar pessoas e comunidades a se adaptarem aos efeitos negativos das alterações do clima, como secas e enchentes.
“Iniciativas como essa possuem impacto direto na melhoria qualidade de vida das pessoas, por isso é muito importante que a sociedade como um todo se envolva nessas discussões”, afirma Malu Nunes, diretora executiva da Fundação Grupo Boticário. Segundo ela, os simpósios podem contribuir bastante para ampliar o debate sobre esse e outros assuntos, servindo como plataforma para troca de experiências, o que possibilita a disseminação de boas ideias..
O Sistema Nacional de Unidades de Conservação (SNUC), a efetividade das áreas protegidas, os desafios do fortalecimento das ReservasParticulares do Patrimônio Natural (RPPNs) e o dilema da reintrodução de espécies nas florestas são alguns dos outros temas abordados durante o IV Simpósio.

A comunicação como ferramenta para a conservação

Um dos simpósios será exclusivo para debater como a comunicação pode mobilizar a sociedade em prol de uma causa, bem como de que forma é possível utilizar plataformas colaborativas para engajar pessoas.
Serão apresentados casos de sucesso que envolveram a sociedade em causas ambientais como o Urubu Mobile, aplicativo que busca mapear os atropelamentos de fauna para propor ações de conservação eficazes; o WikiParques, enciclopédia dos parques nacionais com compartilhamento de informações do público; e a Conexão Estação Natureza, exposição interativa que utiliza recursos tecnológicos para aproximar a natureza do dia a dia das pessoas e que já recebeu mais de 2 milhões de visitantes.
O Simpósio Internacional de Conservação da Natureza acontece paralelamente à oitava edição do VIII Congresso Brasileiro de Unidades de Conservação (VIII CBUC), um dos maiores eventos de conservação da natureza da América Latina. As inscrições para o CBUC também dão acesso ao simpósio. Além desses dois eventos, os participantes poderão conhecer a V Mostra de Conservação da Natureza, na qual instituições apresentarão seus projetos voltados ao meio ambiente. A programação completa, palestrantes convidados e inscrições estão disponíveis no site www.fundacaogrupoboticario.org.br/cbuc.
Fonte: Fundação Grupo Boticário
Simpósio Internacional no Paraná quer envolver a sociedade na causa ambiental Simpósio Internacional no Paraná quer envolver a sociedade na causa ambiental Reviewed by Natureza e Conservação on 19:54 Rating: 5

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.