Governo do Tocantins promoverá evento no dia da árvore

Para as comemorações do dia da árvore, em 21 de novembro, o Governo do Estado do Tocantins promoverá um seminário para debater a importância da conservação e da produção de florestas no Estado do Tocantins.

Plano Estadual de Florestas do Tocantins.
O evento será realizado por meio da Secretaria de Desenvolvimento da Agricultura e Pecuária – SEGRO e da Secretaria do Meio Ambiente e Recursos Hídricos – SEMARH no dia 21 de setembro, em Palmas, no auditório do Palácio Araguaia.

Os trabalhos se iniciarão às 8:00 horas. Os temas das palestras confirmadas são:
·        Componente florestal em sistemas integrados – iLPF (Alisson Moura Santos – Embrapa);
·        Tendências do mercado florestal no Tocantins (Walter Moura Santos – Embrapa);
·        A importância das florestas na política de mudanças climáticas (José Luiz C. da S. Júnior – Unitins);
·        Planejamento da arborização urbana de Palmas (Renato Torres Pinheiro – Universidade Federal do Tocantins);
·        Visão mercadológica da reformulação do plano de florestas do Tocantins (Ivan Tomaselli – STCP);
·        Desafios para a implantação da 2º fase do CAR (Raimundo Deusdará Filho – Ministério do Meio Ambiente);
·        P.S.A – Pagamento por Serviços Ambientais (Ludovino Lopes - Ludovino Lopes Advogados)

Desafios para a conservação das florestas no Estado do Tocantins

Cerca de 91% do território tocantinense está inserido no bioma Cerrado, composto por fitofisionomias que vão desde os campos cerrados, com predomínio de espécies herbáceas e arbustivas, passando pelo cerrado denso, cerradão e chegando ao porte das matas de ripárias (matas de galeria ou ciliares). Os outros 9% do território do Estado corresponde a fitofisionomias do bioma amazônico, tendo a presença de florestas com árvores de grande porte.

Por ser apresentado no dia da árvore, espera-se que os temas abordados neste seminário possam apontar soluções para dois grandes problemas que o Estado do Tocantins vem enfrentando. O primeiro está relacionado ao desmatamento, tanto das formações florestais pertencentes ao bioma cerrado quanto do bioma amazônico. E o segundo diz respeito a grande perda de biodiversidade associada ao desmatamento nestas regiões.

Série histórica do desmatamento na Amazônia tocantinense. Dieyson R. Moura.
Os estudos realizados para a elaboração do Plano e da Lei Estadual de Florestas do Tocantins prevê a utilização do Manejo Florestal Sustentável para explorar as áreas de florestas nativas presentes em 5 regiões do Estado, sendo a mais abrangente a região inserida na porção Amazônica tocantinense.

O grande problema é que essa porção do bioma amazônico no Estado do Tocantins está sobreexplorada. A região apresenta menos de 19% de floresta, quando deveria ter pelo menos 80% de área remanescente. E toda essa devastação ocorreu nos últimos 41 anos, onde a região tinha aproximadamente 18,7 mil km² de florestas em 1973 e em 2014 passou a ter cerca de 4,6 mil Km², já contabilizando as áreas de preservação permanente (Veja mapa ao lado - Elaborado por Dieyson R. Moura).

Fica aqui o convite para a comunidade acadêmica, ONG’s e sociedade civil em geral para participar do evento e contribuir de alguma forma em cada um dos temas que serão abordados no seminário.
Governo do Tocantins promoverá evento no dia da árvore Governo do Tocantins promoverá evento no dia da árvore Reviewed by Natureza e Conservação on 18:00 Rating: 5

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.