A conservação do Pica-pau-do-parnaíba no cerrado brasileiro

O Pica-pau-do-parnaíba é uma ave endêmica do cerrado brasileiro. Os registros históricos indicam que a espécie foi descoberta em Uruçuí, município de Piauí, às margens do Rio Parnaíba, de onde provém seu nome popular, no ano de 1926. A partir desta data ficou desaparecido por mais de 80 anos, até ser redescoberto em 2006 por Advaldo Dias, no município de Goiatins, Estado do Tocantins.

Pica-pau, Woodpecker, Pica-pau-do-parnaíba, aves, pássaros, birds, Birds of Brazil, Brasil, Tocantins, aves do Tocantins, cerrado, celeus, obrieni, celeus obrieni, pica pau, radiotelemetria,  Kaempfer's Woodpecker, nature, conservação, natureza, animal, animais, aves ameaçadas do brasil, extinção, dianes G. MarcelinoApós redescobrimento do Pica-pau-do-parnaíba, com o apoio da Fundação Grupo Boticário, várias expedições foram realizadas em busca de novas populações da espécie. Atualmente sabe-se que o pica-pau está amplamente distribuído no bioma cerrado, podendo ser encontrado desde a região central do Estado de Goiás, extremo leste do Mato Grosso, Tocantins e centro-sul do Maranhão.

O Pica-pau-do-parnaíba é considerado uma ave especialista, ou seja, está adaptado a um tipo de habitat e alimentação específica. Sua ocorrência no cerrado está quase sempre associada a formações florestais (cerradão, matas de galeria/ciliar e floresta estacional) com presença de um bambu conhecido popularmente como taboca. São nessas tabocas que o pica-pau obtém sua alimentação, que é composta basicamente por formigas, em especial, três espécies específicas. A estratégia de obtenção do alimento varia e é bem ilustrada neste vídeo.

pica-pau-do-parnaíba, celeus, obrieni, Woodpecker, aves do Brasil, aves, birding, birdwatching, Brazil, vem passarinhar, pica-pau, pica pau do parnaíba, pica pau,  Kaempfer's Woodpecker,  celeus obrieni, Cerrado, Tocantins, BrasilEmbora tenha ampla ocorrência, as populações conhecidas do pica-pau-do-parnaíba são bastante fragmentadas, apresentando reduzido número de indivíduos. Estes fatores e a alta taxa de perda e fragmentação do seu habitat colocam esta bela ave na lista de espécies ameaçadas de extinção da IUCN e do Cerrado e Pantanal, elaborada pelo MMA/ICMBio.

De todos os Estados com registros para a espécie, o Goiás é o que apresenta os habitats com pior qualidade ambiental. Neste Estado o desmatamento suprimiu muitos habitats do Pica-pau-do-parnaíba, isolando populações. Estas tendem a serem extintas localmente, visto que os poucos remanescentes de cerrado florestal continuam sendo suprimidos. No Maranhão a demanda por madeira para produção de carvão tem levado a ocorrência de desmatamento de grandes áreas com registro para a espécie, agravando ainda mais o status de conservação do Pica-pau-do-parnaíba.

Os melhores habitats para a espécie estão no Tocantins, pois o Estado é o que apresenta os maiores índices de vegetação remanescente. Entretanto, o Tocantins é um dos três Estados que mais receberam alertas de desmatamento entre 2002 a 2009, paralelo ao aumento da área plantada para produção de grãos e criação de gado. 
pica-pau-do-parnaíba, celeus, obrieni, Woodpecker, aves do Brasil, aves, birding, birdwatching, Brazil, vem passarinhar, pica-pau, pica pau do parnaíba, pica pau,  Kaempfer's Woodpecker,  celeus obrieni, Cerrado, Tocantins, BrasilAtualmente o Tocantins está totalmente inserido no MATOPIBA, um mega projeto que prevê a transformação de 72 milhões de hectares de cerrado em áreas para produção de grãos e pecuária. O resultado da implantação do MATOPIBA se resumirá em mais degradação ambiental e destruição de habitats de inúmeras espécies de animais de cerrado.

O futuro do Pica-pau-do-parnaíba e demais espécies que habitam o cerrado brasileiro é “incerta”. Até o momento não há registros para a espécie em unidades de conservação de proteção integral. A rápida transformação da cobertura e uso do solo ao longo de sua área de ocorrência ocasionará ainda mais a fragmentação das populações, isolando indivíduos e podendo em curto prazo provocar extinções locais.

Para conservação do Pica-pau-do-parnaíba no cerrado brasileiro é imprescindível que o desmatamento seja zero. Além disso, deve-se estudar locais para criação de unidades de conservação de proteção integral visando a preservação de uma grande população da espécie.
A conservação do Pica-pau-do-parnaíba no cerrado brasileiro A conservação do Pica-pau-do-parnaíba no cerrado brasileiro Reviewed by Dianes G. Marcelino on 20:52 Rating: 5

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.