Biólogo registra mais de 100 espécies de aves no quintal de casa em Palmas/TO

Já pensou em observar aves sem sair de casa? Em Palmas/TO isto é possível e é o que demonstra o biólogo, ornitólogo (especialista em aves) e guia de observação de aves Marcelo Barbosa. Até o momento, Barbosa já registrou mais de 100 espécies de aves praticamente sem sair de casa.

Bem-te-vi, bem-te-vi-de-coroa, bem-te-vi-verdadeiro, Great Kiskadee, aves, birds, birding, birdwatching, birding Tocantins,  aves do brasil,  aves do Tocantins, aves do Brasil ameaçadas de extinção, fotos de pássaros, fotos de aves, fotos, natureza, blog natureza e conservação, nature photographyNo início do ano o biólogo traçou uma meta de realizar pelo menos uma lista de aves por dia. Como não é possível conciliar o trabalho com idas diárias a campo, Barbosa teve a ideia de fazer as listas no apartamento onde mora. “Logo de manhã, antes de ir para o trabalho, já começo a elaborar a minha lista do dia, sempre acompanhado do meu “escudeiro mestre”, um cãozinho chamado Rex. Como tenho uma vista privilegiada já começo a ver e ouvir as aves da janela do apartamento logo que acordo.” explica Barbosa.

Topetinho-do-brasil-central, Dot-eared Coquette, beija-flor, aves, birds, birding, birdwatching, birding Tocantins,  aves do brasil,  aves do Tocantins, aves do Brasil ameaçadas de extinção, fotos de pássaros, fotos de aves, fotos, natureza, blog natureza e conservação, nature photographyO biólogo já elaborou mais de 150 listas, tendo sido identificadas 114 espécies de aves, sendo que um registro apresenta grande importância ornitológica para Palmas e Tocantins. “Dentre as espécies observadas está o beija flor Topetinho-do-brasil-central, de nome científico Lophornis gouldii (foto ao lado). Este registro tem relevante importância para Palmas e o Estado do Tocantins, sendo o primeiro registro para a capital. Este beija-flor é uma espécie rara, difícil de ser encontrada e está inserida na lista de espécies ameaçadas de extinção da IUCN e do Ministério do Meio Ambiente na categoria de vulnerável”, explica Barbosa.

Inhapim, Epaulet Oriole, Icterus cayanensis, aves, birds, birding, birdwatching, birding Tocantins,  aves do brasil,  aves do Tocantins, aves do Brasil ameaçadas de extinção, fotos de pássaros, fotos de aves, fotos, natureza, blog natureza e conservação, nature photography
Para o biólogo o resultado da experiência tem sido fantástica. “Poder observar mais de 100 espécies de aves praticamente sem sair de casa é algo que renova o espírito e motiva a chegar ao final do ano com mais de 366 listas elaboradas e um número maior ainda de espécies registradas, além de incentivar outras pessoas a iniciarem a prática de observação de aves, fazendo anotações das espécies, mesmo que das mais comuns. Além disso, mostro para aqueles que gostam de aves que não é necessário ir para o “mato” e áreas mais longínquas para observa-las, dá para começar pelo próprio quintal e os resultados podem ser surpreendentes”, complementa Barbosa.

Os dados apresentados por Barbosa só reforçam o potencial turístico para observação de aves que a cidade de Palmas e Estado do Tocantins possuem. As 114 espécies registradas até o momento representam cerca de 33% das espécies de aves conhecidas para a área urbana de Palmas e 18% para o Estado do Tocantins.
Biólogo registra mais de 100 espécies de aves no quintal de casa em Palmas/TO Biólogo registra mais de 100 espécies de aves no quintal de casa em Palmas/TO Reviewed by Dianes G. Marcelino on 12:08 Rating: 5

2 comentários:

  1. tem q aprovar o post ... isso prova q é uma farsa

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá amigo, infelizmente não tenho a lista geral das espécies, visto que na época da postagem o biólogo já tinha feito mais de 150 listas, culminando na identificação de 114 espécies. Mas você pode acompanhar as listas individuais no site do eBird, entretanto a plataforma não é muito amigável para quem não está cadastrado. Atualmente o número atual de espécies identificadas pelo biólogo está em 122 espécies de aves, quantitativo normal para uma cidade (Palmas/TO) que tem mais de 350 espécies aves identificadas somente na área urbana.

      A questão da aprovação do post é somente para evitar algumas situações indesejadas, como o envio de spam e publicações ofensivas. No mais, o espaço está sempre aberto para debates, tirar dúvidas, compartilhar informações, dentre outros.

      Abraço!

      Excluir

Tecnologia do Blogger.