Descubra 6 motivos pelos quais precisamos das aves

Já imaginou acordar de manhã ou curtir a natureza e não ouvir os cantos das aves? Um mundo sem aves não seria nada legal, pois elas exercem diversas funções que são essenciais para o funcionamento e manutenção de um ecossistema ecologicamente equilibrado e consequentemente para garantir a saúde e o bem estar humano. Descubra 6 motivos pelos quais precisamos das aves e por que devemos preservá-las.

por que devemos preservar os pássaros, por que devemos preservar as aves, não caçar os pássaros, aves, birds, natureza, ornitologia, biologia, meio ambienteAves controlam pragas

Aves são excelentes no controle biológico de pragas que atacam as plantações, controlando a população de diversos insetos que podem colocar em risco a produtividade agrícola. Estima-se que as aves ingerem entre 400 a 500 milhões de toneladas de insetos por ano.
Diversas espécies de aves podem ser citadas como importantes no controle da população de uma variedade de insetos que são prejudiciais às culturas. Codornas, andorinhas, papa-moscas, corujas, pica-paus, anus, arapaçus, garças, tesourinhas, gaviões e diversas outras aves todos os dias cobrem grandes extensões de terras e alimentam-se de uma infinidade de insetos, tais como besouros, lagartas, gafanhotos, formigas, cigarrinhas, percevejos, etc., protegendo as plantações contra o ataque de insetos daninhos.
Os pássaros podem ainda ser excelentes controladoras naturais de plantas daninhas ou invasoras que aparecem em pomares, hortas e jardins, uma vez que estes animais alimentam-se das sementes de diversas plantas, tais como, tiririca, vassourinha e capins diversos, ajudando no seu controle e diminuindo a infestação.
Como controladoras biológicas naturais as aves são mesmo especiais e merecem ser reconhecidas por esse importante papel ecológico na cadeia alimentar.

Aves polinizam plantas

Não é somente as abelhas e borboletas que desempenham um importante papel ecológico quando o assunto é polinização de plantas. As aves também fazem muito bem este serviço ambiental. Estima-se que mundialmente mais de 600 espécies de aves tem como dieta alimentar o néctar, colhido quando esses animais introduzem o bico nas flores de uma variedade de espécies de plantas.
polinização, zoocoria, por que devemos preservar os pássaros, por que devemos preservar as aves, não caçar os pássaros, aves, birds, natureza, ornitologia, biologia, meio ambienteAo aproximar-se das flores das plantas essas aves introduzem seu bico na flor para sugar o néctar, ficando o bico e diferentes partes do corpo do animal cobertas de pólen que, posteriormente, entrará em contato com o aparelho reprodutor de uma nova flor ao ser visitada pela ave.
Dentre as principais aves polinizadoras estão as diferentes espécies de beija-flores, a cambacica – Coereba flaveola, os comedores de néctar da Austrália, como a espécie Phylidonyris novaehollandiae – melífago-de-olho-branco e diversas outras espécies de aves nectivoras.
A polinização realizada pelas aves é um processo tão importante que beneficia diretamente o homem. Estima-se que 5% das plantas utilizadas pelo homem em sua alimentação ou como remédio são polinizadas por aves durante seu ciclo de vida. O desaparecimento das aves tem como consequência direta a interrupção desse importante serviço ecossistêmico, levando inúmeras espécies de plantas também a extinção, fato este já observado na natureza.

Aves limpam a natureza

Quando o assunto é limpeza da natureza algumas aves são inegavelmente excelentes catadoras de “lixo” no meio ambiente. Dentre elas os urubus, gaviões e abutres ao alimentarem de animais mortos promovem a limpeza do ambiente e evitam que doenças como a raiva, a tuberculose, dentre outras se desenvolvam e espalhem, atingindo o homem ou outros animais.
Urubu limpa a natureza, por que devemos preservar os pássaros, por que devemos preservar as aves, não caçar os pássaros, aves, birds, natureza, ornitologia, biologia, meio ambienteNa índia, a mortandade de abutres-indianos-de-dorso-branco – Gyps bengalensis ocasionou um aumento na incidência de algumas doenças de ratos e de cães selvagens, ameaçando a segurança e saúde do homem. Cerca de 47.300 mortes humanas foram associadas à queda populacional dos abutres, comprometendo a prestação de um importante serviço ambiental para as pessoas da região.
Essas aves ainda colaboram com a limpeza pública urbana ao consumir o lixo urbano orgânico deixado pelo homem em terrenos baldios, nas beiras de vias de acessos ou nos famosos lixões a céu aberto. Estima-se que ao longo da vida de um abutre, por exemplo, os serviços de eliminação de resíduos proporcionados por esta ave corresponderia a valores superiores a 11 mil dólares.
Como podemos perceber, a natureza é fantástica e nos proporciona todos os recursos necessários para termos um meio ambiente sadio e em equilíbrio, condição necessária para a manutenção do próprio bem estar do homem.

Aves dispersam sementes

A dispersão de sementes é um processo fundamental para manter e ampliar as florestas em várias partes da terra. E nesse processo as aves também possuem sua parcela de contribuição, uma vez que as aves são excelentes dispersoras de sementes das mais variadas espécies de árvores. Os pássaros ajudam a repovoar ambientes degradados, introduzindo nesses espaços diversas sementes de plantas arbóreas, principalmente espécies frutíferas, que formarão uma nova floresta.
periquito dispersando sementes, dispersão, por que devemos preservar os pássaros, por que devemos preservar as aves, não caçar os pássaros, aves, birds, natureza, ornitologia, biologia, meio ambienteDiversas espécies de aves contribuem sistematicamente na prestação desse serviço ambiental. Tucanos, sanhaços, periquitos, sabiás, papagaios, araras, pipiras, gaturamos, jacus e a gralha-azul são exemplos dessas aves plantadoras de florestas. Ao ingerir as sementes esses animais acabam defecando-as ou regurgitando-as em diferentes partes da floresta ou áreas degradadas, que posteriormente irão germinar, mantendo a floresta de pé ou restaurando ambientes degradados.
A gralha-azul – Cyanocorax caeruleus, por exemplo, é responsável por espalhar sementes de araucária, uma espécie de árvore ameaçada de extinção, por diferentes regiões no sul do país, garantindo a perpetuação e manutenção das florestas de araucárias, tão ameaçadas de extinção devido à degradação antrópica. Portanto, não podemos desprezar o papel das aves quando o assunto é dispersão de espécies da flora.

Aves inspiram a ciência

As aves também são fontes de inspiração para diversas áreas da ciência, seja no campo da biologia, engenharia, arqueologia, zoologia, medicina veterinária, etc. Muitas das descobertas voltadas, por exemplo, para o desenvolvimento e aperfeiçoamento de aeronaves são provenientes de observações de como as aves voam.
Ao observamos as características das pontas das asas de um avião podemos verificar claramente que sua forma se assemelha a posição das rêmiges da asa de uma águia para cima quando em voo. A ave o posicionar-se desta forma otimiza os desvios das correntes de ar, proporcionando maior velocidade para seu voo, sendo o mesmo efeito aplicado às aeronaves.
As aves foram fundamentais para embasar os estudos de Darwin sobre evolução das espécies a partir da seleção natural. Estudos com aves contribuem efetivamente para compreendermos sobre como temos cuidado do nosso planeta, tendo em vista que esses animais são excelentes indicadores biológicos do estado de saúde da terra, respondendo de forma rápida a mudanças no meio ambiente.

Aves inspiram e promovem o bem estar

Como vimos, as aves são organismos indispensáveis para a manutenção dos ecossistemas e consequentemente da vida em nosso planeta. Mas, além desses valorosos serviços ambientais prestados, as aves ainda são fontes de inspiração de inúmeras obras de artes no campo da música, pintura, literatura, cinema, etc. e promoção do bem estar para inúmeras pessoas que buscam nesses seres especiais uma forma de aliviar o estresse da correria vivida no dia-a-dia.
pássaros bonitos, aves do brasil, por que devemos preservar os pássaros, por que devemos preservar as aves, não caçar os pássaros, aves, birds, natureza, ornitologia, biologia, meio ambienteDiversos músicos brasileiros buscaram nas aves fonte de inspiração para suas melodias. Luiz Gonzaga cantou Asa-branca e Assum-preto, aves típicas do nordeste. Chico Buarque cantou Passaredo, uma música que leva ao ouvinte nomes de várias espécies de aves, tais como o pintassilgo, uirapuru, inhambu, patativa, colibri, tico-tico, quero-quero, andorinha, sanhaço, bem-te-vi e a juriti. Nos cinemas a ararinha-azul, extinta na natureza, foi inspiração para o filme Rio 1 e 2.
As aves também promovem melhoria na qualidade de vida. Uma atividade que tem aumentado a cada dia é prática de observação de aves, conhecida como birdwatching. A atividade é desenvolvida por amadores e profissionais que buscam no contato com a natureza uma fonte de aliviar o estresse do dia-a-dia. A observação de aves é uma terapia natural, ajudando no combate da depressão e ansiedade, por exemplo. Pessoas que vivem em bairros arborizados, com uma maior diversidade de espécies de aves, são menos propensas ao estresse. A observação de aves ainda ajuda a desenvolver no observador a sua capacidade de atenção, aguçando os sentidos da audição e visão.
Siga o blog Natureza e Conservação no FacebookYouTube e Instagram.

Sobre o autor

Dianes G. Marcelino é consultor, engenheiro ambiental e mestre em ecologia de ecótonos pela Universidade Federal do Tocantins. Tem experiência em licenciamento ambiental, geoprocessamento, ecologia, recuperação de áreas degradadas e gestão de resíduos sólidos.
Descubra 6 motivos pelos quais precisamos das aves Descubra 6 motivos pelos quais precisamos das aves Reviewed by Dianes Marcelino on fevereiro 25, 2020 Rating: 5

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.