Descoberta a causa da morte de centenas de elefantes na África

A morte de mais de 300 elefantes no início deste ano, em Botsuana, país do sul da África, foi causada por neurotoxinas produzidas por uma cianobactéria, identificada nos exames de sangue dos animais mortos. O anúncio foi feito por pesquisadores do país africano.

Mortes de centenas de elefantes na África, elefantes, Botsuana, meio ambiente, natureza, animal,

“As mortes ocorreram por envenenamento devido a uma cianobactéria que se desenvolveu em pontos de água”, explicou Mmadi Reuben, veterinária do Ministério da Vida Selvagem e Parques Nacionais. De acordo com a veterinária, as mortes dos elefantes pararam no final do junho, época em que ocorre o esgotamento desses locais de acúmulo de água.

As cianobactérias são organismos microscópicos que são facilmente encontrados em corpos d’água e até no solo. Nem todas as cianobactérias produzem toxinas, algumas são fixadoras de nitrogênio atmosférico, enquanto que outras são produtoras de neurotoxinas.

Siga o blog Natureza e Conservação no FacebookYouTube e Instagram.

Sobre o autor

Dianes G. Marcelino é consultor, engenheiro ambiental e mestre em ecologia de ecótonos pela Universidade Federal do Tocantins.

Descoberta a causa da morte de centenas de elefantes na África Descoberta a causa da morte de centenas de elefantes na África Reviewed by Dianes Marcelino on setembro 21, 2020 Rating: 5

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.