Animais podem prever terremotos e tempestades

A natureza sempre esteve a favor do homem. Embora ainda pouco compreendido, uma de suas funções é nos alertar contra desastres naturais que envolvam, por exemplo, terremotos e tempestades. Neste sentido, os animais têm se demonstrado excelentes bioindicadores para prever com antecedência a ocorrência desses tipos de eventos, servindo de alerta para que todos possam sair com segurança de um possível desastre natural.

animais preveem desastres naturais, animais sentem terremotos, animais sentem a tempestade, animais, tempestade, terremoto, natureza

A referência mais antiga registrada sobre comportamentos incomuns dos animais antes de um desastre natural data de 373 a.C., quando o historiador grego Tucídides relatou que ratos, cães, cobras e doninhas abandonaram a cidade de Hélice, na Grécia, dias antes de um terremoto catastrófico.

Em outros momentos da história do homem também há relatos similares. Minutos antes do terremoto de Nápoles, na Itália, em 1805, os bois, carneiros, cães e gansos supostamente começaram a emitir sinais de alarme em uníssono. E há relatos de que cavalos correram em pânico pouco antes do terremoto de São Francisco, nos Estados Unidos, em 1906.

Dentre os animais com essa sensibilidade para detectar a ocorrência de um desastre natural estão as cobras. Esses animais possuem um poderoso conjunto de mecanismos sensoriais que podem detectar minúsculas alterações de aspectos do seu ambiente. Foram, em parte, mudanças súbitas no comportamento das cobras e outros animais que alertaram as autoridades para evacuar a cidade chinesa de Haicheng, em 1975, pouco antes de um grande terremoto - uma ação que salvou um incontável número de vidas.

Em 2004, um tsunami causado por um terremoto subaquático com magnitude de 9,1 graus na escala Richter, na costa da Indonésia, dizimou comunidades litorâneas ao longo do Oceano Índico, matando pelo menos 225 mil pessoas em uma dúzia de países. Nos minutos e horas antes da chegada das enormes ondas de água com até 9 metros de altura as faixas litorâneas, segundo relatos de testemunhas, elefantes correram para os terrenos mais altos, flamingos abandonaram áreas de ninhos em locais baixos e cães se recusaram a sair de casa.

Esses relatos de comportamentos dos animais antes dos desastres levaram alguns pesquisadores a dedicar atenção científica séria à teoria de que os animais podem ter sistemas próprios que os alertam sobre desastres naturais iminentes. Isso levanta uma questão fascinante: os animais poderiam fornecer sistemas naturais de alerta precoce para os seres humanos?

Quando se fala na detecção de tempestades, as aves são animais que parecem possuir a sensibilidade de prever com antecedência as ocorrências desses tipos de desastres.

Em 2014, cientistas que rastreiam mariquitas-de-asa-amarela nos Estados Unidos registraram um exemplo surpreendente do que é conhecido como migração de evacuação. Essas aves começaram a sair do seu local de reprodução nas montanhas Cumberland, no leste do Tennessee, e voaram por 700 km - mesmo tendo acabado de voar por 5 mil km desde o norte da América do Sul. Pouco depois que as aves voaram, uma terrível série de mais de 80 tornados atingiu a região, matando 35 pessoas e causando prejuízos de mais de US$ 1 bilhão de dólares.

Nem todos os especialistas concordam que os sistemas de alerta precoce com animais seriam uma opção viável para prever desastres naturais. E, mesmo se eles realmente ajudarem, é improvável que os movimentos de animais isoladamente sejam suficientes. As pessoas precisarão de uma combinação de diversos sistemas de alerta precoce para terem o quadro completo. Ainda assim, embora ainda não possamos falar com os animais, talvez seja hora de prestar mais atenção aos seus avisos.

Siga o blog Natureza e Conservação no Instagram, Facebook, YouTube.
Animais podem prever terremotos e tempestades Animais podem prever terremotos e tempestades Reviewed by Natureza e Conservação on abril 17, 2022 Rating: 5

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.