Por que os pesticidas são tão mortais para as abelhas?

Os pesticidas são largamente empregados para proteger as plantações contra as mais variadas pragas que as atacam, causando sua destruição. O grande problema é que os elementos químicos ativos são absorvidos por todas as partes da planta, incluindo pólen e néctar. Essa mistura torna-se uma arma mortal para inúmeros isentos, como as abelhas que frequentam as plantas contaminadas.

Abelhas, herbicidas, pesticidas, morte de abelhas por agrotóxicos, agrotóxicos, polinização, por que as abelhas estão morrendo, natureza, conservação
Abelha polinizando flores.
Foto: Louise Docker
O contato dos pesticidas com as abelhas acaba interferindo na sua atividade cerebral, limitando sua capacidade de reconhecer e lembrar onde está sua fonte de alimento. Além disso, com a contaminação, as abelhas podem apresentar uma redução na sua capacidade de voar e de reproduzir-se, comprometendo a geração de futuros descendentes.

A extinção das abelhas é considerada potencialmente prejudicial para a agricultura, uma vez que elas desempenham importante papel ecológico ao realizar a polinização de inúmeras plantas, muitas delas essenciais para a sobrevivência humana. 

Em um ambiente ecologicamente equilibrado, a presença de abelhas pode aumentar em até 30% a produção de laranjas, bem como aumentar o tamanho do fruto, por exemplo. O seu desaparecimento pode trazer sérias consequências negativas para a humanidade.

Gostou do texto? Curta, compartilhe! Acompanhe o Blog Natureza e Conservação no Facebook e G+.
Por que os pesticidas são tão mortais para as abelhas? Por que os pesticidas são tão mortais para as abelhas? Reviewed by Dianes G. Marcelino on 14:35 Rating: 5
Tecnologia do Blogger.