Onças-pardas são visualizadas em reserva do Cerrado e da Mata Atlântica

Em meio às notícias das queimadas no Cerrado e alagamentos na Mata Atlântica uma boa notícia para os dois ambientes naturais mais ameaçados do país: uma onça-parda (Puma concolor) foi visualizada na Reserva Natural Serra do Tombador - localizada em Cavalcante, no interior de Goiás; e outra na Reserva Natural Salto Morato – localizada no litoral paranaense.

onça, puma, concolor, animais, felinos, natureza, unidade de conservação, animais em extinção, extinção,  Mountain Lion, Cougar, Red Tiger, Deer Tiger,  León Americano, León Bayo, León Colorado, León De Montaña, Mitzli, Onza Bermeja, fauna brasileira, Brazil, AnimalsOs vídeos foram feitos por câmeras trap (Veja um abaixo), que estão colocadas em pontos estratégicos das reservas e monitoram a fauna da região. “A presença dessa espécie, que é topo de cadeia, e de várias outras, indica que os esforços estão contribuindo efetivamente para a conservação da biodiversidade e que ela está equilibrada”, afirma Marion Letícia Bartolamei, coordenadora de Áreas Protegidas da Fundação Grupo Boticário de Proteção à Natureza, instituição que administra as duas reservas. Ela afirma que, apesar de estarmos acostumados a más notícias no cenário ambiental, ainda temos motivos a comemorar. “Essa é uma ótima notícia para a conservação”, ressalta animada.
video

O monitoramento nas UCs é realizado constantemente com o objetivo de conhecer a fauna existente, verificar o tamanho das populações, bem como entender suas dinâmicas e hábitos de vida. A partir desse acompanhamento é possível desenvolver ações direcionadas para a conservação das diversas espécies que ocorrem na região. Marion destaca que o monitoramento dessa e de outras espécies continuará sendo um dos principais objetivos de manejo dentro da reserva. “Esperamos com o tempo obter cada vez mais informações sobre as populações locais, o que facilitará a conservação da onça-parda”.

Espécie ainda corre muitos riscos

A onça-parda é o mamífero terrestre com maior distribuição nas Américas, ocorrendo desde o sul do Canadá até a Patagônia, sendo que no Brasil ela está principalmente associada à Mata Atlântica, embora também ocorra em outros ambientes naturais como o Cerrado e o Pantanal. Apesar disso, a tendência atual é de declínio populacional. 

Dados do Ministério do Meio Ambiente (MMA), publicados no documento Avaliação do Estado de Conservação dos Carnívoros, afirmam que o tamanho da população efetiva é menor do que mil indivíduos no país. Dessa forma, a espécie é considerada ameaçada de extinção no país, estando na categoria ‘vulnerável’. As principais ameaças à onça-parda – que também pode ser chamada de puma ou suçuarana – são a perda e fragmentação do habitat, além da caça e atropelamento.

Características da espécie

A onça-parda é um animal de hábitos solitários e é territorialista, tendo, normalmente, maior atividade ao entardecer e à noite. A espécie é oportunista e se alimenta dos animais que estiverem disponíveis, podendo comer desde capivaras até répteis, aves e peixes. Nesse contexto, a onça-parda possui papel importante na manutenção do equilíbrio ecológico dos ecossistemas onde vivem.

Onças-pardas são visualizadas em reserva do Cerrado e da Mata Atlântica Onças-pardas são visualizadas em reserva do Cerrado e da Mata Atlântica Reviewed by Natureza e Conservação on 20:47 Rating: 5

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.