Caçadores em fotos com onça-pintada morta são presos no Pará

Depois de exibirem fotos de uma onça-pintada morta nas redes sociais, agentes de fiscalização do Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio) em ação conjunta com o Ibama e Policia Federal, realizaram no sábado (5), a prisão em flagrante dos três caçadores que aparecem nas imagens. As informações da prisão foram noticiadas no site do ICMBio.
onça, pantera-onça, fotos, onça morta, trairão, Pará, caçadores são presos no Pará, caçadores matam onça-pintada, extinção, Jaguar, onça, Trairão, Icmbio, Ibama, Natureza, ConservaçãoOs caçadores foram detidos no município de Trairão, no oeste do Estado do Pará, onde fica, entre outras unidades de conservação, a Floresta Nacional do Trairão, administrada pelo ICMBio. A prisão foi registrada na Delegacia da Polícia Federal de Santarém (PA). “Foi uma resposta rápida do ICMBio”, disse Lívio Araújo Brito, delegado da PF em Santarém. “As fotos começaram a circular no dia 2, e a prisão aconteceu três dias depois”.
De acordo com o delegado, ficou claro que os três são “caçadores profissionais”. Eles foram acusados pelos crimes de caçar espécies da fauna silvestre sem autorização e de porte ilegal de armas. Como o somatório das penas ultrapassa quatro anos, o trio foi encaminhado para um presídio na região, onde aguardará o julgamento.
A caça ilegal, punida com detenção de seis meses a um ano e multa, de acordo com o artigo 29 da Lei dos Crimes Ambientais, é um problema difícil de ser combatido no Pará, onde a prática é difundida nas regiões mais próximas à floresta amazônica. Em agosto, uma operação conjunta das polícias civil e militar, com o apoio do ICMBio, encontrou cinco cabeças de onças pintadas e uma de suçuarana armazenadas no freezer de um comércio na zona rural de Curionópolis. “A região coberta pela floreta amazônica é imensa, é quase impossível fiscalizar tudo”, disse o delegado Araújo Brito. “A caça acontece. A gente tenta combater na medida do possível.”
A onça-pintada (Pantera onca) é o maior felino do continente americano, podendo chegar a 135 quilos. Aparece na mais recente lista da fauna brasileira ameaçada de extinção (portaria nº 444, de 17/12/2014) na categoria vulnerável. Espécie emblemática das matas brasileiras, e é importante para as ações de conservação. Entretanto, as crescentes alterações ambientais provocadas pelo homem, assim como o desmatamento e a caça às presas silvestres e às próprias onças são as principais causas da diminuição da população da espécie no Brasil.
Caçadores em fotos com onça-pintada morta são presos no Pará Caçadores em fotos com onça-pintada morta são presos no Pará Reviewed by Natureza e Conservação on 17:33 Rating: 5

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.