Sabesp planta florestas para garantir o abastecimento de água da Grande São Paulo

A proteção da vegetação nativa em torno dos mananciais é fundamental para garantir a segurança hídrica nesses tempos de crise hídrica. Pensando nisto, a Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo – Sabesp cuida e monitora mais de 33 mil hectares em áreas protegidas da Região Metropolitana de São Paulo, mantendo e apoiando iniciativas de conservação ambiental e reflorestamento das matas nos entornos de represas, rios e nascentes das áreas onde a empresa realiza a captação de água para abastecimento da Grande São Paulo.

Sabesp, reflorestamento, crise hídrica, companhia de saneamento básico do Estado de São Paulo, sabesp planta mudas nativas, árvores, crise hídrica, são paulo, meio ambiente, natureza, sistema cantareira, área de proteção ambiental, abastecimento de águaEstas iniciativas garantem a proteção de importantes mananciais que garantirão a produção de água em quantidade e de boa qualidade para a população da Grande São Paulo. Tais ações conservacionistas englobam a Reserva Florestal do Morro Grande, no sistema Alto Cotia, áreas do Sistema Rio Claro, no Parque Estadual da Serra do Mar e a Área de Proteção Ambiental – APA Capivari, o Parque da Serra da Cantareira e das áreas de entorno das represas Jaguari, Jacareí, Cachoeira, Atibainha e Paiva Castro localizadas APA do Cantareira.

Numa das iniciativas mais exitosa, a Sabesp, em parceria com as Ong's The Nature Conservancy (TNC) e o Instituto de Pesquisas Ecológicas (IPÊ) e outras instituições, plantaram mais de 1,4 milhões de árvores nativas da Mata Atlântica entre os anos de 2007 e 2010, reflorestando importantes áreas do entorno das represas que formam o Sistema Cantareira.

Para os próximos anos os trabalhos de reflorestamento não param. Com a participação da Sabesp no Programa Nascentes, do Governo do Estado de São Paulo, a meta é plantar mais 1 milhão de mudas nos próximos anos. Deste total, cerca de 213 mil mudas de espécies nativas já foram plantadas nas áreas do Sistema Cantareira, e até o início de 2018 espera-se plantar mais a 500 mil mudas. No reservatório Taiaçupeba, a empresa já plantou mais de 190 mil mudas de um total de 263 mil previstas para esta localidade.

Todas estas iniciativas garantem os benefícios proporcionados pelas florestas na produção e manutenção da qualidade das águas dos mananciais, garantindo melhor qualidade de vida para a população que depende deste precioso recurso natural.
Sabesp planta florestas para garantir o abastecimento de água da Grande São Paulo Sabesp planta florestas para garantir o abastecimento de água da Grande São Paulo Reviewed by Natureza e Conservação on 19:48 Rating: 5

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.